19/11/11

O novo acordo ortográfico



É oficial: a partir de hoje vou tentar escrever sempre segundo o novo acordo ortográfico.
Apesar de não ser a favor de algumas das novas regras, o acordo já foi regulamentado e por isso não há volta a dar, se não mesmo tentar começar a adaptar-me. A prática leva à perfeição, nestes primeiros tempos tenho a certeza que vou ter dificuldades em escrever corretamente (agora sem C) mas com o tempo começará a surgir naturalmente.

Nesta semana participei num workshop sobre o Novo Acordo Ortográfico, na Universidade do Minho. A sessão foi ótima (agora sem P) para conhecer mais profundamente as novas regras e esclarecer algumas dúvidas e mitos.

Agora é tudo uma questão de hábito (o h mantém-se!). Por enquanto conto com a ajuda do Coversor da Porto Editora para tirar todas as minhas dúvidas na escrita. Esta ferramenta está excelente!!

3 comentários:

Silvana Querido disse...

acho que fazes bem! eu cá vou continuar a escrever mal português! e assumido. sou contra o novo acordo :)

DEZADORNO GIVEAWAY NO BLOGUE. PARTICIPA: http://invoguewithsilvanaquerido.blogspot.com/2011/11/in-vogue-dezadorno-giveaway.html

Angie disse...

Silvana, eu também não sou a favor deste novo acordo!
Mas como se costuma dizer, "já que não os podes vencer, junta-te a eles" ... e é isso mesmo que eu estou a fazer, a tentar adaptar-me a uma nova escrita que não me identifico. No entanto acredito que mais tarde ou mais cedo todos vão acabar por ceder, mas isso só o tempo dirá ;)

Dr. Ghozé Pablito disse...

Já há 2 anos que escrevo segundo o novo acordo e agora, quando vejo palavras escritas na grafia antiga, já as vejo como erros ortográficos. Por exemplo, a palavra "direto" que aparece muitas vezes nos televisores, já a sinto erro quando a vejo escrita "directo". Daqui a 20 anos já ninguém se lembra de toda esta polémica.